Sábado, 24 de Maio de 2008

Riquezas

As nossas riquezas Desde que o governo anunciou as medidas drásticas de combate ao défice, que os portugueses pensam que estão mais pobres. Diz-se frequentemente: “estamos a perder a nossa riqueza”. Com estas medidas, provávelmente iremos menos vezes ao cinema, compraremos menos um par de sapatos, menos uma gravata, menos uma peça de vestuário que vimos numa montra e que é um encanto. Em suma, deixamos de usufruir de alguns prazeres a que estavamos habituados. Perdemos algum dinheiro, é certo. Mas, riqueza!!! É uma situação de crise, que temos de enfrentar e com ela conviver. Não podemos desanimar!. Temos de olhar em frente e com confiança!. Sem dúvida, perdemos alguns prazeres, mas se alterarmos o nosso temperamento podemos criar novos hábitos que nos vão dar outros prazeres e alegrias que além de encherem as nossas vidas, nos vão ajudar a enfrentar a crise: Quanto custa o prazer que temos ao apreciar as maravilhas da natureza, ver um por do sol, uma bela paisagem ou até a brincadeira das crianças no recreio da escola?. Quanto custa o prazer que sentimos ao ouvir o canto das aves, o choro de um bébé acabado de nascer ou simplesmente alguém nos dizer que é nosso amigo? Quanto custa o prazer de ajudar os outros, de os ver felizes, de nos sentirmos úteis, de sermos estimados e amados? Quanto custam os prazeres que podemos tirar dos nossos sentidos? São prazeres de custo zero. E no entanto são riquezas que podem encher vidas muito pobres. Não serão estas as nossas verdadeiras riquezas? Quantos portugueses saberão que as têm e terão a faculdade de encontrar nelas prazeres que dinheiro nenhum paga? Estamos perder a nossa riqueza ou não sabemos a que temos!!!?. Jcm-pq
publicado por jcm-pq às 12:13
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De luadoceu a 25 de Maio de 2008 às 22:25
Mas sabes que esses prazeres da vida que deviamos poder usufruir de livre espontanea vontade, nao nos e permitido precisamente por termos problemas na vida que nos ultrapaassam e nao permitem nos visualizar esses prazeres,nao por nao querermos,muitas das vezes por nao podermos....e complicado..........

Ha riquezas incomparaveis..........como a saude,que muitos nao a estimame por coisas poucas,eu tb nao a estimo e precisod ela para viver e sobreviver


De jcm-pq a 27 de Maio de 2008 às 08:16
Olá Luadoceu !

Obrigado por teres lido o texto!. De facto nem sempre as condições da vida nos permitem usufruir das coisas belas e sem custos!. Mas, acabo por dizer é sempre de tentar fazer um esforço!. E, assim podem-se enfrentar, melhor, as contrariedades.

Jcm-pq


De Moira a 26 de Maio de 2008 às 17:40
Essa é uma matéria muito delicada e até controversa.
Concordo que há coisas que dinheiro nenhum no mundo pode pagar, no entanto qual será a opinião em relação a esse assunto do desgraçado que dorme ao relento num qualquer vão de escada lisboeta? Provávelmente seria ter um tecto, mas poderá ele sequer sonhar com isso? Sorry... às vezes o dinheiro faz muita falta, não o que se esbanja, mas o essencial para a sobrevivência do ser humano, principalmente nas grandes metrópoles do mundo.


De jcm-pq a 27 de Maio de 2008 às 08:17
Olá Moira!

Concordo que é uma matéria bastante delicada!. De facto não me lembrei desses infelizes e nem imagino qual será a sua opinião acerca disto!. Se calhar nem sonham!. Até para sonhar é preciso ter condições para o fazer, acho eu!. Fiquei desperto e vai-me fazer pensar!.

Jcm-pq


De Moira a 27 de Maio de 2008 às 14:59
Reparei agora que o seu Blog não tem nome, tem que pensar no assunto... Ou é de propósito? Se for preciso ajuda para o baptizar posso tentar ajudar


De jcm-pq a 28 de Maio de 2008 às 17:32
Olá Moira!

A falta de nome no blog não é intencional. Quando o abri não atribui e depois nunca mais me dei ao trabalho. Obrigado pela ajuda!. O nome que lhe dei já o utilizo numa brochura de textos que tenho escrito nestes últimos anos.

Jcm-pq


De Moira a 28 de Maio de 2008 às 19:14
Parabéns, assim o Blog fica mais compostinho


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Não há fumo sem fogo!

. A agonia Cipriota

. Os erros e as consequênci...

. Termas de Monfortinho/Mon...

. Agora ao trabalho

. Novo Governo em Funções

. O Novo Governo

. Os Animais Também Amam

. Preocupação

. Campamha Eleitoral - Frus...

.arquivos

. Outubro 2014

. Abril 2013

. Março 2013

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Julho 2009

. Junho 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds